4


Valdir Aguilera
 Físico e pesquisador

 

 

Almanaque - Edição 181 - janeiro de 2023

Para pensar e praticar

Nesta seção do Almanaque, apresentamos textos retirados de obras do Racionalismo Cristão e outras de pesquisadores atuais e do passado.

As oportunidades

Luiz de Souza

O aproveitamento das oportunidades é que traz às pessoas o ensejo de prosperar. Elas se apresentam, em maior ou menor número de vezes, a todos os seres. Para não as deixar escapar, é preciso alertamento, especialmente quando se mostram de modo sutil.

O importante, para que se saiba reconhecê-las, é dispor o indivíduo da necessária sensibilidade. Todos possuem a mediunidade intuitiva, graças à qual é possível bem orientar os passos na vida.

Para ler o texto completo clique AQUI.

Para mais textos, clicar AQUI

Passatempo


Celso, Dorival e Francisco ganham a vida como encanador, pintor e carpinteiro, não necessariamente nesta ordem.
• O pintor tentou pedir para o carpinteiro fazer um trabalho para ele, mas ficou sabendo que o carpinteiro estava fazendo um trabalho para o encanador.
• O encanador ganha mais do que o pintor.
• Dorival ganha mais do que Celso.
• Francisco nunca ouviu falar de Dorival.

Qual a profissão de cada um?

Resposta na próxima edição.

Para dicas sobre como montar um esquema para resolver este tipo de problema, clique AQUI e, também, AQUI

Problema anterior e resposta:

Quatro homens, um famoso historiador, um poeta, um romancista e um dramaturgo, de nomes Adriano, Bernardo, Celso e Dorival, não necessariamente nesta ordem, liam um livro na sala de espera de uma estação ferroviária enquanto esperavam pelo seu trem. Em dado momento, descobriram que o livro que cada um estava lendo era de autoria de um dos outros.

• Adriano e Bernardo estavam quase terminando de ler o livro que trouxeram e tinham trocado um com o outro.

• O poeta estava lendo uma peça de teatro.

• O romancista, que tinha publicado apenas um livro, dizia que nunca tinha lido um livro de história.

• Bernardo timha trazido um dos livros de Dorival e nenhum dos outros tinha trazido um de seus próprios livros.

O que cada um estava lendo, e qual era o gênero literário de cada um?

Resposta:

Adriano, o poeta, estava lendo uma peça teatral;
Bernardo, o historiador, estava lendo um romance;
Celso, o romancista, estava lendo poesias; e,
Dorival, o dramaturgo, estava lendo um livro de história.

Humor

Sogra



– Se não fosse pelo bigode, você seria igual à minha sogra.
– Mas eu não tenho bigode.
– Ela tem.



Par de sapatos

Na escola um menino diz ao pé do ouvido de outro.
– Você está com usa sapato preto e outro marron.
– Isto não é nada. Lá em casa tenho outro par igualzinho.



Nó na cuca

98. Eu não sou vegetariano, mas como animais que são.

Melhore seu vocabulário em inglês

O texto a seguir foi composto com base nas 500 palavras mais usadas em inglês. Aproveite para rever seu vocabulário. Coloque o mouse sobre as palavras em vermelho para ver a tradução.
Para ouvir o texto, clique aqui





Snoring

Jill and Dan have been married for ten years. Jill loves Dan, but she hates his snoring. It is so loud and disgusting. Oftentimes, his snoring wakes her up, and she can't go back to sleep. One night, Dan's snoring was so loud, Jill decided to sleep on the couch. She slept well on the couch.

The next morning, Jill's son, Timmy, saw her sleeping on the couch. He thought that she had a fight with his dad. "Mommy, are you and dad getting a divorce?" Timmy asked. Jill laughed and hugged Timmy. "No, Timmy, your dad just snores a lot!" Timmy asked if she snored. Jill wasn't sure.

Later Jill asked Dan if she snored. "Yeah, it sounds like a cat meowing," Dad said. "Is that a bad thing?" Jill asked. "Well, it's kind of annoying, but I deal with it," Dan said.

Jill was embarrassed that she snored. She went to the doctor to see if she could do anything about it. The doctor gave her a few tips but said that there was no medicine or cure for snoring. Jill went back home disappointed. "All this time I thought you were the annoying snorer, but I guess I am too," Jill said. "Hey, that's what makes us perfect together!" Dan said.

Para mais histórias, procure na Biblioteca clicando AQUI.

Para edições anteriores do Almanaque, clique AQUI.

Avaliação e sugestões

Agradecemos sua avaliação e sugestões enviando um email para

Efemérides

01 jan 1893: Paulo Setúbal
Escritor brasileiro nascido em Tatuí, SP. Seu nome completo é Paulo de Oliveira Leite Setúbal. Seus romances tratam de temas da história do Brasil, de forma leve e bem humorada. Talvez seu livro mais conhecido seja A marquesa de Santos. Para baixá-lo, clique AQUI. Faleceu em São Paulo, em 4 de maio de 1937.

01 jan 1894: Satyendra Nath Bose
Físico e matemático indiano, mais conhecido como o descobridor dos bósons (este termo foi cunhado em sua homenagem). Juntamente com Einstein, criou a estatística Bose-Einstein que descreve o comportamento dos bósons. Faleceu em Calcutá, em 4 de fevereiro de 1974.

03 jan 1860: Luiz de Mattos
Filósofo, escritor, comerciante português radicalizado no Brasil. Codificador do Racionalismo Cristão. Fundador do jornal "A Razão" e elaborou o primeiro "Manual de Redação" que se conhece. Abolicionista, acolheu em sua fazenda e protegeu escravos que fugiam de seus cativeiros. Seus eloquentes e corajosos artigos publicados no jornal que fundou causaram muita perplexidade e despertaram enorme interesse dos seus leitores. O "A Razão" passou a ser o diário mais procurado e lido na ocasião. Faleceu no Rio de Janeiro, em 15 de janeiro de 1926. Para ler uma minibiografia, clique AQUI. Há uma biografia mais extensa: Luiz de Mattos, sua vida, sua obra, de Galdino Rodrigues de Andrade. Para adquiri-lo, visite o site da livraria virtual do racionalismo Cristão.

04 jan 1643: Isaac Newton
Cientista inglês (físico, matemático, astrônomo, alquimista e filósofo), nascido em Woolsthorpe. Em seu livro Philosophiae Naturalis Principia Mathematica, também conhecido como Principia, descreve sua famosa lei da gravitação universal e apresenta suas três leis em que se apoia a mecânica clássica. Faleceu em Londres, em 31 de março de 1727. Ver 25 de dezembro na edição de dezembro deste Almanaque.

04 jan 1839: Casimiro de Abreu
Poeta brasileiro, nascido em Barra de São João, RJ. Seu nome completo é José Marques Casimiro de Abreu. Sua obra lírica está reunida no volume As primaveras, publicado em 1859, e está disponível na Biblioteca deste site. Para baixá-lo, clique AQUI  Faleceu em Nova Friburgo. em 18 de outubro de 1860.

08 jan 1823: Alfred Russel Wallace
Naturalista, geógrafo, antropólogo e biólogo britânico nascido em Usk, Monmouthshire, na Inglaterra. Não somente publicou – na mesma data e local que o fez Charles Darwin –, a teoria da evolução por seleção natural, como tambám pesquisou em vários campos, como glaciologia, antropologia, etnografia, epidemiologia, astrobiologia e espiritismo. Seu livro O aspecto científico do sobrenatural está disponível na Biblioteca deste site. Para baixá-lo, clique AQUI Faleceu em Broadstone, Dorset, Inglaterra, 7 de novembro de 1913.

09 jan 1862: Ernesto Bozano
Pesquisador e experimentador sobre fenômenos psíquicos nascido em Savona, província de Gênova (Itália). Professor de filosofia da ciência na Universidade de Turim. Nomeado membro honorário da Society for Psychical Research (SPR), da American Society for Psychical Research (ASPR) e do Institut Métapsychique International (IMI). Entre sua extensa obra citamos A alma dos animais, Animismo ou espiritismo?, Metapsíquica humana, Pensamento e vontade e Fenômenos de transporte. Este último disponível na Biblioteca deste site. Faleceu em Gênova (Itália) em 24 de junho de 1943.

15 jan 1850: Sonja (ou Sofia) Kowalewski
Matemática russa, nascida em Moscou. Notabilizou-se por suas valiosas contribuições para a teoria das equações diferenciais. Em 1888 ganhou o prêmio Borodin, da Academia de Ciências da Suécia, por seu trabalho sobre a rotação de um corpo rígido em torno de um ponto. Esse trabalho foi tão notável que dobraram o valor do prêmio. Faleceu em Estocolmo, em 10 de fevereiro de 1891.

21 jan 1929: Martin Luther King
Ativista político norte-americano, nascido em Atlanta, Geórgia. Batalhou pelos direitos civis, principalmente dos negros e mulheres. Seu discurso mais famoso é "Eu tenho um sonho". Recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1964. Foi assassinado em Memphis, Tenessee, em 4 de abril de 1968.

22 jan 1775: André-Marie Ampère
Matemático e físico francês, nascido em Polémieux-au-Mont-d'Or. Seus trabalhos em física mais importantes foram no campo do eletromagnetismo. Em sua homenagem, a unidade de intensidade de corrente elétrica no sistema SI se diz ampère, símbolo A. Faleceu em Marselha, em 10 de junho de 1836.

22 jan 1908: Lev Davidovich Landau
Físico russo, nascido em Baku. É considerado um dos maiores físicos do século XX. Deu importantes contribuições para o desenvolvimento de diversos campos da Física, como, Baixas Temperaturas, Estado Sólido, Atômica, Nuclear, Plasma e Energia Estelar. Muitos termos físicos levam o seu nome. Faleceu em Moscou, em 1 de abril de 1968.

23 jan 1862: David Hilbert
Matemático alemão, nascido em Königsberg. Seus trabalhos em Geometria são considerados os mais importantes desde Euclides. Propôs uma série de problemas que vêm estimulando o trabalho dos matemáticos. Faleceu em Göttingen, em 14 de fevereiro de 1943.

23 jan 1941: João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro
Escritor, jornalista, roteirista e professor nascido na Ilha de Itaparica, Bahia, Brasil. Membro da Academia Brasileira de Letras. Foi ganhador do Prêmio Camões de 2008, maior premiação para autores de língua portuguesa. Teve algumas obras adaptadas para a televisão e para o cinema, além de ter sido distinguido em outros países, como a Alemanha. Autor de romances como Sargento Getúlio, O Sorriso do Lagarto, A Casa dos Budas Ditosos, que causou polêmica e ficou proibido em alguns estabelecimentos, e Viva o Povo Brasileiro, tendo sido, esse último, destacado como samba-enredo pela escola de samba Império da Tijuca, no Carnaval de 1987. Faleceu no Rio de Janeiro, em 18 de julho de 2014.

23 jan 1907: Hideki Yukawa
Físico japonês, nascido em Tóquio. Foi homenageado com o prêmio Nobel de Física em 1949 pelos seus trabalhos sobre partículas elementares. Com base em cálculos inteiramente teóricos, previu a existência de mésons. Foi o primeiro físico japonês com formação totalmente feita no Japão a receber o prêmio Nobel de Física. Faleceu em Kyoto, em 8 de setembro de 1981.

25 jan 1736: Joseph Louis Lagrange
Matemático italiano, nascido em Turim, distinguiu-se em todos os ramos da Análise, Teoria dos Números, Mecânica Analítica e Mecânica Celeste. Seu Mécanique Analytique, publicado em 1788, sintetiza todos os trabalhos no campo da Mecânica desde os dias de Newton. Faleceu em Paris, em 10 de abril de 1813.

27 jan 1756: Wolfgang Amadeus Mozart
Músico e compositor austríaco, nascido em Salzburgo. É considerado o maior compositor na história da música ocidental. Faleceu em Viena, em 5 de dezembro de 1791.

Desta edição para o Almanaque