Valdir Aguilera
 Físico e pesquisador

 

 

Sempre citados mundos de estágio - onde estão?

Valdir Aguilera

Sabemos, ou julgamos saber, o que são os mundos de estágio. É para onde se dirigem espíritos que completaram uma passagem por um mundo de escolaridade. É onde eles definem novo programa de trabalho e de lá partem novamente a um mundo-escola apropriado para cumprir a programação idealizada.

Podemos ficar curiosos e perguntar onde estão esses mundos de estágio. "Em nossa fase atual de evolução, acho que há assunto mais importante do que esse para tratar", você pode nos lembrar. Concordamos, contudo nada nos impede de especular sobre esses mundos e onde estão. Vamos lá.

A base para o raciocínio que vamos desenvolver está fincada no artigo Família espiritual [1]. Dele destacamos a seguinte afirmação: "A humanidade é, portanto, um conjunto de espíritos que formam uma família, uma família astral, uma família solar".

Família solar, como o artigo explica, significa que todos os espíritos que compõem a humanidade têm sua origem no mundo de luz Sol. O artigo diz ainda que é na atmosfera fluídica do Sol, que se estende pelo menos por todo o sistema planetário, que trabalhamos para nossa evolução.

O que os astrônomos já sabem sobre o nosso sistema solar é que ele é mantido, e seus movimentos administrados, pelo Sol. Fazem parte dele muitos asteroides, cometas e pelo menos oito planetas, a saber: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. "E Plutão? Esqueceu-se dele?" Você pode perguntar. Não, não nos esquecemos. Plutão continua existindo, dando suas voltas em torno do Sol. Contudo, devido ao seu tamanho, desde 2006 não é mais considerado um planeta.

Entre tantos componentes do sistema solar, vamos considerar apenas os planetas. Cada um deles, como todos os corpos, tem sua parte física e sua parte etérica. A parte física é um globo sólido e a parte etérica uma atmosfera fluídica.

Como conclui o artigo mencionado, a família solar, da qual somos membros, como dissemos, faz sua evolução no sistema solar. A Terra é um mundo-escola disponível para espíritos passarem por existências animando corpos físicos. E os outros planetas?

Em vista do exposto, é razoável suspeitar que os outros planetas, ou melhor, suas atmosferas fluídicas, são mundos de estágio à disposição dos espíritos da família solar. As matérias fluídicas que compõem essas atmosferas contêm campos vibracionais de qualidades particulares específicas condizentes com o grau de evolução dos espíritos que lá estagiam.

Em outras palavras, cada um desses planetas e suas atmosferas fluídicas contém campos vibracionais apropriados para o estágio de várias classes de espíritos, quer estejam eles muito atrasados em sua evolução, ou ainda com pouca luz, ou com muita luz e ideias de progresso.

Outros sistemas solares pertencem a mundos de luz próprios. Têm seus próprios sóis. Os espíritos de lá, fazem sua evolução por lá mesmo.

Para concluir, nosso sistema solar e seus planetas foram concebidos e criados pela Inteligência Universal com o propósito de oferecer meios para a evolução das partículas de força do mundo de luz Sol. Essas partículas por aqui ficam até adquirirem luz suficiente para, supomos, continuarem em mundos de luz mais diáfanos que o nosso.

[1] Família espiritual, Valdir Aguilera, A Razão, dezembro 2019, p. 17; e http://valdiraguilera.net/familia-espiritual.html

De "Mundos de estágio" para "Artigos"

Copyright©2008 valdiraguilera.net. All Rights Reserved